NOZ

A gastronomia é um ramo que abrange a culinária, bebidas, materiais usados na alimentação e, em geral, todos os aspectos culturais a ela associados.

Atualmente, é um ramo de interesse de gastrônomos, pessoas que podem ser definidas pela preocupação com o refinamento da alimentação, incluindo não só a forma de preparo dos alimentos, mas os arranjos dos pratos entre outros, isto é, preocupam-se com o aspecto mais técnico e sofisticado deste assunto.

Mas há pessoas que não buscam ser precisamente técnicas na gastronomia, e sim cozinham por prazer. Podem ser iniciantes na cozinha, que buscam restaurantes de quaisquer faixas de preços ou interessam-se pelo aspecto cultural do ramo.

As revistas atuais destinam-se geralmente a dois públicos muito específicos, ou muito técnicas (só trazem receitas) ou muito gourmet (para pessoas com familiaridade com o tema). Não há revistas com apelo maior a um público que tem interesse, mas ainda não tem tal tema em seu cotidiano.

As linhas de interesse da revista NOZ estão predominantemente voltadas ao aspecto cultural da gastronomia. Tem-se o intuito de retratar temas como a interação e as interrelações entre a comida e o cinema, a música, o turismo, a arquitetura e o design. Essa abordagem é atípica pois busca inserir a comida em contexto diversos e não só em um prato sobre fundo branco.

O nome NOZ surgiu porque no campo semântico, remete a um alimento, na escrita mostra simplicidade e simetria (com letras maiúsculas pode ser lido na horizontal e na vertical, se rotacionado, pois o N e o Z possuem grafias semelhantes) e na fonética lembra a palavra “nós”, que representa o fator de que a comida reúne pessoas e torna- se um elemento da interação social.